Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
Minas tem 136 casos confirmados de sarampo
14/01/2020, às 09:41:49

O Sarampo é uma doença viral, infecciosa aguda, grave, transmissível, altamente contagiosa e comum na infância. A doença começa inicialmente com febre, exantema (manchas avermelhadas que se distribuem de forma homogênea pelo corpo), sintomas respiratórios e oculares. No quadro clínico clássico, as manifestações incluem tosse, coriza, rinorréia (rinite aguda), conjuntivite (olhos avermelhados), fotofobia (aversão à luz) e manchas de koplik (pequenos pontos esbranquiçados presentes na mucosa oral). A evolução da doença pode originar complicações infecciosas com amigdalites (mais comum em adultos), otites (mais comum em crianças), sinusites, encefalites e pneumonia, que podem levar à óbito. As complicações frequentemente acometem crianças desnutridas e menores de um ano de idade. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa por meio de secreções (ou aerossóis) presentes na fala, tosse, espirros ou até mesmo respiração.



Na presença de pessoas não imunizadas ou que nunca apresentaram sarampo, a doença pode se manter em níveis endêmicos, produzindo epidemias recorrentes. Até o momento, foram confirmados 136 casos de sarampo. Quatro desses casos ocorreram no primeiro trimestre d 2019 e a cadeia de transmissão foi contida. A partir de junho de 2019 (SE 22 a 47), o número de casos suspeitos aumentou, totalizando 1951 notificações provenientes de 279 municípios no estado. Desses, 1354 (69,4%) foram descartados, 471 (24,1%) estão em investigação e 126 (6,5%) casos foram confirmados, sendo detectados novos casos e cadeias de transmissão da doença. Os quatro (4) casos confirmados no primeiro trimestre de 2019 foram de residentes dos municípios de Belo Horizonte, Contagem e Betim, tendo essa cadeia, como caso índice, um viajante da proveniente da Europa (mais detalhes nos boletins anteriores).



Os primeiros 70 casos confirmados no Estado, a partir do período epidemiológico de junho, foram relacionados à importação do vírus de doentes que estiveram no estado de São Paulo ou por contato direto com doentes provenientes das cidades de São Paulo (SP). A partir das investigações realizadas pelas vigilâncias locais nas últimas semanas, vêm sendo detectados casos sem vínculo com importação. Seguindo orientações do Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) realizou, entre os dias 07/10 e 30/11, a Campanha de Vacinação contra o Sarampo no estado. Nesse ano, a estratégia de vacinação foi realizada em duas etapas, que contemplam os grupos mais acometidos pela doença, com o objetivo de interromper a circulação do vírus do sarampo no Brasil.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia